Pular para o conteúdo
2

Voltar

O artista, que morreu no dia 23 de março de 2012, aos 80 anos, criou nada menos do que 209 personagens ao longo de sua carreira.

Francisco Anysio de Oliveira de Paula Filho, conhecido artisticamente como Chico Anysio, foi humorista, ator, radioator, locutor, produtor, escritor, roteirista, dublador, apresentador, compositor e até pintor! Conhecido por seus programas humorísticos na TV Globo, emissora onde trabalhou por mais de 40 anos.

Chico mudou-se com a sua família para o Rio de Janeiro aos 7 anos de idade. Fez um teste para locutor de rádio e saiu-se excepcionalmente bem, ficando em segundo lugar, perdeu para outro jovem também iniciante na época, o próprio Silvio Santos.

Em 1957, estreou na TV Rio o programa ‘Noite de Gala’ e dois anos depois o ‘Só tem Tantã’, mais tarde chamado de ‘Chico Total’. Escreveu e interpretou seus próprios textos na rádio e na TV, sempre com humor fino e inteligente.

Em 1968 foi contratado pela Rede Globo, foi lá que ele conseguiu o status de estrela em um elenco que contava com os artistas mais famosos do Brasil na época.

Em 1990 estreou seu programa de maior sucesso ‘Escolinha do Professor Raimundo’, foi fazendo algumas participações em ‘Os Trapalhões’ e até mesmo no Fantástico, onde tinha o quadro ‘Secretária Eletrônica’.

Em 2005 interpretou o Dr. Saraiva no ‘Sítio do Pica-pau Amarelo e mais tarde participou da novela ‘Sinhá Moça’.

Chico é pai do ator Lug de Paula, que é famoso por interpretar o personagem ‘Seu Boneco’ em ‘Escolinha do Professor Raimundo’; do ator Nizo Neto que também interpretou um personagem da ‘Escolinha’, o ‘Seu Ptolomeu’; do diretor de imagem Rico Rondelli; do DJ Cícero Chaves; do ator e escritor Bruno Mazzeo, que atualmente interpreta o próprio professor Raimundo em uma nova versão do programa. Também é pai de rodrigo e Vitória que é fruto do romance com a ex-ministra Zélia Cardoso de Mello; e de André Lucas, filho adotivo.

Em dezembro de 2010, o humorista foi internado com falta de ar, detectou-se uma obstrução da artéria coronariana, sendo submetido à angioplastia. Chico ficou 109 dias internado, recebendo alta apenas em 2011. Nesse período, permaneceu a maior parte do tempo na UTI.

Em 23 de abril de 2011, Chico Anysio retornou ao programa “Zorra Total” interpretando a personagem Salomé. No quadro, Salomé conversava “de mulher para mulher” com a presidente Dilma Rousseff.

Em novembro de 2011, foi internado novamente, devido a uma infecção urinária. Recebeu alta 22 dias depois, em 21 de dezembro, mas já no dia seguinte voltou ao hospital, com hemorragia digestiva.

Em fevereiro de 2012 foi diagnosticado com uma infecção pulmonar. Apresentou uma piora nas funções respiratória e renal em março.

Chico Anysio faleceu em 23 de março de 2012, aos 80 anos, no Hospital Samaritano do Rio de Janeiro, por falência múltipla de órgãos. O velório aconteceu no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, que foi aberto ao público ao meio dia, onde se reuniram milhares de fãs, amigos e colegas de trabalho.

Seu último pedido foi o de ser cremado, parte de suas cinzas foi enviada para Maranguape, cidade onde nasceu e o resto para os estúdios Globo.