Pular para o conteúdo

MORRE_Christian_BenítezO atacante Christian Benítez, da seleção do Equador, apelidado de “Chucho”, morreu na manhã desta segunda-feira, um dia depois de estrear pelo seu novo time, o Al Jaish, na vitória por 2 a 0 sobre o Qatar Sports Club, pela Sheikh Jassem Cup. José Chamorro, empresário de Benítez, informou ao canal público equatoriano Gama TV que o jogador se queixou de fortes dores abdominais e foi levado a um hospital, onde sofreu uma parada cardíaca.

O Al Jaish se limitou a informar que o jogador não reclamou de qualquer problema de saúde após a estreia e lamentou a sua morte em nota oficial:
– O clube gostaria de dar suas mais sinceras condolências à família do jogador. Benítez se integrou recentemente vindo do América por três temporadas. O jogador estreou no time na partida de ontem contra o Qatar Sports Club, na Sheikh Jassem Cup, sem reclamar de qualquer problema de saúde. Sua partida repentina é um grande choque para cada membro da comissão técnica e administração do clube. Foi um jogador que, a despeito do breve período que aqui esteve, vai ser lembrado pelo grande caráter – afirmou o Al Jaish em nota oficial.

Companheiro de seleção de Benítez, o atacante Antonio Valencia, do Manchester United, postou mensagens de homenagem em seu perfil no Twitter:
– Irmão, por favor, alguém me diga que não, por favor. Irmão, Deus está com sua família. Nós te amamos. Irmão, por que agora? Para sempre vai ser meu irmão. Esta dor é muito forte – escreveu Valencia.

Assim como Valencia, o uruguaio Forlán, do Internacional, também fez sua homenagem a Christian Benítez via Twitter.
– Inacreditável a notícia da morte de Chucho Benítez! Meus pêsames à sua família. Que descanse em paz!
O Birmingham, onde Benítez jogou por empréstimo na temporada 2009/10, confirmou que vai homenageá-lo na partida do próximo sábado, na rodada de abertura da segunda divisão do Campeonato Inglês, contra o Watford, no estádio St Andrew’s.
– O pensamento de todos os nossos sócios está com a família e amigos de Chucho neste momento triste. O equatoriano foi bastante popular em sua passagem pelo clube – lamentou o Birmingham em nota oficial.

Artilheiro do América do México na temporada passada, Chucho vinha sendo convocado regularmente para a seleção do Equador. Defendeu seu país em 58 partidas, inclusive na Copa do Mundo de 2006, e fez 24 gols.

FONTE: Globo Esporte